20 de agosto de 2014

Vai saber...

E aquela sensação de que o passo foi maior do que o espaço que existia insiste em incomodar e se espalhar como a ansiedade de não saber para onde ir. Talvez ainda não saber o que está por vir ajude a martelar esse excesso de atenção que desnorteia o sentido. Quase nem se sente mais tão viva a impressão diante de inebriante entorpecimento que já não quer se dar. E como calar a agitação que provoca a reação quase instantânea do receio? Talvez o medo saiba direcionar o que a certeza ainda não tomou como meta. E, incerta, ela ainda não se arrisque a voar. Quem sabe escolha o sul. Quem sabe se interesse pelo norte. Já não se sabe se a sorte está mesmo à procura de um lugar para pousar. Ou se vai se contentar em descobrir o caminho florido e esverdeado de quem lhe abriu os braços e acabou de chegar. 

14 comentários:

  1. O seu jeito de escrever me faz realçar ainda mais as coisas que eu sinto que na maioria das vezes são expressas no seu texto, como se você lesse minha mente sabe? Parabens pelo sucesso e talento!

    Beijoos, Ana Carolina
    Simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, Ana! Muto obrigada, viu! Que bom que vc se identifica com meus textos! Também adoro suas dias!

      Bjs

      Excluir
  2. Você escreve muito bem. Parabéns!
    Beijos | www.doseujeito.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Emanuelle. Muito obrigada pela visita e pelo carinho! Vou também conhecer o seu blog!

      Bjs

      Excluir
  3. É vai saber, essa é minha frase de vida praticamente!
    Nada é impossivel escolhas e atitudes são de momento embora negamos as vezes, hoje quero voar amanhã quero pousar...
    Abraço!
    http://meninadivadamodaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, viu! Obrigada pela visita!
      Grande abraço!

      Excluir
  4. Oi Lu Dantas!
    Esse seu jeito de brincar com as palavras, realmente são provocações filosóficas que tornam seus textos agradáveis de ler e agradam a muitos, inclusive eu! Gostei muito! Bjo.
    vitornani.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa! Obrigada mesmo! Volte sempre! Vou visitar seu blog também!
      Bjs

      Excluir
  5. Boa noite Lu.
    Um texto bastante reflexivo.
    Um feliz final de semana.
    Estou nesse momento com problemas de saúde , por isso a demora de vim ler os seus belos textos,mas enfim aqui estou.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mirtes! Desejo que fique tudo bem com sua saúde, viu! Quero agradecer muito pelo carinho sempre por aqui!
      Grande abraço!

      Excluir
  6. Um emaranhado lindo de palavras...parece o sol irisando na vidraça da janela.
    Belo!
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Graça! Muito obrigada! Volte sempre que desejar!
      Bjs

      Excluir
  7. As incertezas costumam provocar todas as possibilidades e a imaginação vai num crescente alucinado ... indefinições causam estresse Lu ,
    como diz aquele ditado melhor mesmo é o 'pão pão queijo queijo' ... rs
    Um texto a refletir ,
    boa semana com abraço

    ResponderExcluir
  8. Exatamente, Lis!!! É isso!
    Obrigada pela visita, viu!
    Volte sempre!
    Ótima semana!
    Bjs

    ResponderExcluir