2 de dezembro de 2010

Nosso samba

Sentiu a respiração acelerar logo no primeiro movimento de suas mãos ao redor daquela cintura. Os dedos sincronizados apertavam levemente o corpo até que aquele momento inicial os fez flutuar. E dançaram, rodopiaram, num ritmo sem parar. O pulsar que ecoava do peito parecia descompassar a cada vez que enchia os pulmões e soltava bruscamente o ar que lhe trazia seu hálito quente. Próximo ao rosto, seus olhos verde-azulados não se desviavam, mas não encaravam os dela. Seu queixo, então, sossegou o rosto e, sutilmente, o sustentava. A música os inundava e seguiam tão livremente que se transportaram para aquela primeira vez. As mãos começaram a esquentar e a lembrança do que ficou por vir impulsionava o desejo que não se desprendia dos corpos. A pretensão era nítida, mas a coerência os paralisava e freava. Eram dois em um, sendo que um precisava se deter. Mas não havia o que fazer. Não ali. O momento passara momentaneamente e ela sabia que, um dia, não mais se abdicariam. Voltariam a recompor o passo que ficaram de dar e, na hora exata de recomeçar, certamente escolherão o samba que nunca os deixará a sós.


11 comentários:

  1. Lu,

    Nós? Nós? Nós? É isso mesmo? O amor te pegou com a batida do enredo da paixão? Menina, que texto mais gostos de ser lido. Adorei!

    Beijo grande, viu?!

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  2. ai q momento magico amigaa!!! me fez me lembrar do meu primeiro beijo, em um show do so pra contrariar, kkkk.

    bjosss...

    0000000000000000000000000
    0000*****0000000*****0000
    00*********000*********00
    0***********0***********0
    0***********************0
    0***********************0
    00*********Bjo**********0
    000*******************000
    00000***************00000
    0000000***********0000000
    0000000000*****0000000000
    000000000000*000000000000
    0000000000000000000000000

    ResponderExcluir
  3. Escrever é a conjunção de inspiração com a transpiração.
    Se expressar é simplesmente colocar em um papel, ou nesse caso, em um blog, o que se sente.
    E foi isso que eu vi aqui Amiga!
    Como conversamos hj: olhar para o mundo...sorrindo!!!
    Um bj grande,
    Tati ;)

    ResponderExcluir
  4. O legal é que seu texto tem um ritmo cadenciado como o samba. Humm, ontem foi o Dia do Samba...

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua visita de surpresa! Vim logo conhecer o seu espaço!
    Adoro girassóis! Eles têm cor, eles têm alegria, eles têm vida!

    Suas palavras encantam... nos fazem refletir.

    Felicidades!

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  6. Minha querida

    obrigada pelo carinho, gostei do que li...vou voltar, estou seguindo.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. como é prazeroso te ler...
    andei sentindo coisas parecidos há alguns dias, quase me vi aí.

    beijo, querida.

    ResponderExcluir
  8. ...e que belo samba, menina!!

    delícia te ler...

    obrigada pela visita
    lá em meu canto.

    adorei tbm estar aqui.

    bjbj, linda!

    ResponderExcluir
  9. Qta inspiração, minha amiga!!rs Adorei... Bju

    ResponderExcluir
  10. Tu sempre com essa capacidade de me fazer bailar com palavras.

    carinho

    ResponderExcluir
  11. Um Natal próspero e cheio de felicidade. Que Deus continue abençoando todos os seus passos.

    Trouxe um presente e espero que receba com carinho, clica aqui:

    http://www.artesorrindo.com/flashcard/n015.htm

    Beijo bem grandão.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir