5 de junho de 2010

O acaso

Talvez não seja tão fácil imaginar e até difícil de aceitar que certos fatos que acontecem não são consequências do acaso. Na verdade, acaso nem existe. Sei que não é todo mundo que pensa assim. Aliás, isso faz parte do que eu acredito. Ninguém precisa concordar. Afinal, cada um toma a estrada que mais lhe convém, convence e atrai. Falar da impotência do acaso, quem sabe, não pareça caso de gente lúcida. Quem sabe o excesso de astúcia não permita ver que as linhas vividas amparadas a uma total falta de lógica não sobressaem. Quem sabe o caminho da verdade não seja assim tão reto e de pura retórica. Que seja, afinal, tórrida essa minha história que se desenha. Pois bem. O que tento dizer é que pode parecer que o acaso seja o dono da ação, o único responsável pelo esbarrão cego na esquina movimentada, pelo tranco inocente que faz a batida inevitável à beira da estrada, pelo tropeção no buraco à frente que trazem os braços de amparo que até então eram inexistentes. Pode parecer aquele que traz a novidade e vê desenrolar a vida que era sem sentido. Ou que seja ele o mais tolo que impulsiona a alegria depois da dor terrível, que ameniza a perda com oportunidade impensada e maestria, que lhe deixa à frente daqueles olhos que se achavam confusos, mas que podem encontrar o que é, de fato, um sinônimo exato do que se pode chamar de profecia. Acredito que para tudo há um propósito. Há sempre uma razão de ser e estar. Seja boa ou não. Até porque toda ação causa uma reação. Sendo assim, é possível puxar para si o que será causa de escolhas feitas. Tudo chega a seu tempo. Por mais que demore. Tudo vem após o amadurecimento necessário. É difícil compreender? Talvez seja mesmo. O mais difícil é explicar e aprender. Na verdade, essa é questão de fé e de crer.

12 comentários:

  1. Lu,

    Dizem por aí, que se não existe acaso é porque tudo no universo está determinado. Sei lá, viu... hoje fui assistir "A Fúria dos Titãs" e fiquei pensando, cá com meus botões, se não somos meros brinquedos dos deuses. Mas, aí, vem meu lado cristã e deixa de lado todo esse pensamento desviado.

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  2. adoro seus textos vc é muito inteligente, e sensivel.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  3. faz tempo q o acaso desistiu de mim. tudo tem sido por minha escolha - e confesso q isso me exaspera, pois queria um pouco de surpresa na vida, sabe?
    =)

    bjoss
    e obrigada pela visita no meu blog!

    ResponderExcluir
  4. Atualmente tenho estado bem rebelde com o tal do acaso. Já falei que se ele me procurar que digam que não estou, e que se ele insisti que o mande se F....


    Lu, minha flor! Estavas ausente, senti sua falta aqui com seus textos simples e reais, tua escrita é deliciosa guria! Adoro!

    Seja bem vinda de volta. Não sei o q ta acontecendo la no blog, vc é a primeira a reclamar, se acontecer de novo me fale.

    A propósito, estou te seguindo no twiter.

    BJos!!

    ResponderExcluir
  5. que bom vir aqui...
    Apareça sempre, foi bom ver vc por lá...
    belo texto...
    Maurizio

    ResponderExcluir
  6. Lu,

    Todas as suas palavras tem sabor e adoro seu carinho.

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  7. oooi, adorei o blog ;
    estou seguindo se quiser retribuir ;
    um ótimo final de semana, baiser ;*

    ResponderExcluir
  8. Eu concordo com vc, eu tb acredito que tudo o que acontece tem um propósito. Tudo mesmo!

    ResponderExcluir
  9. Eu realmente espero que tudo tenha mesmo um propósito. Tomara que tenha.
    Bjoo!!

    ResponderExcluir
  10. Achei seu blog lindo, e usei um texto dele, botei autoria e endereço do seu blog.
    Coincidencia ter sido o dia do seu aniversário.
    Tá tudo explicadinho lá no post, como voce viu.
    Parabéns pelos textos viu?

    ResponderExcluir
  11. De volta e com muita saudades.
    Vim agradecer pelas energias intuidas e pelo carinho.

    ResponderExcluir
  12. e é preciso......cuidar das escolhas,plantar sementes boas.......e aguardar,pois a colheita,tantos das escolhas equivocadas ou acertadas chega...oooooo se chega

    afagos de vigilante nas escolhas

    ResponderExcluir