24 de janeiro de 2010

Descoberta finita

Ela chegou sem grandes expectativas. Aquele parecia um dia como outro qualquer. De encontros e desencontros, de singela simpatia, de conversas na mesa do bar, de agitação e samba no pé. Sentia-se segura, levemente açucarada, com habilidades para se doar. Suas palavras eram simples e quase se perdiam no ar. Viravam nuvens que pairavam sobre seus cabelos simetricamente penteados. Dividiam-se entre os ouvidos atentos e se alastravam como argumentos concretos apontados ao bem. Sujeitar-se ao que lhe reservava o ato a seguir não estava em seus planos. Mas quem vai explicar o que o coração pode intentar? Que se derrame e se estenda o que está vigiado e abrigado em pontos estratégicos. Ao mesmo tempo, que se conserve as jóias do silêncio e dos pudores que a fariam bailar com o melódico acompanhamento. Refletia ensimesmada, meditando consigo mesma, quando aquelas mãos alvas lhe tocaram à altura dos ombros. De súbito, seus olhos pousaram naquelas íris coloridas que aguardavam uma resposta. Fez-se gentil, dissimulou a inquietação e a atenção que lhe faziam colidir com seus conceitos. Teve medo, chocou-se com aquela perturbação incontrolável que se desnudava diante de si e não era mais possível conter. Estranhou a urgência daquele abraço que lhe abria os braços e lhe puxava forte. Todas as novas sensações lhe traziam tremores, enquanto buscava o controle descompassado. Mas como ignorar o passado que ainda era alheio e que não poderia magoar. Realmente não poderia. Tentou escapar, afastou-se como pode, negando aquilo que parecia lhe inundar por dentro. Porém a companhia lhe espreitava os passos e, num ato ensaiado, compôs para ela a canção, soltou a emoção e se jogou ao seu lado.

10 comentários:

  1. Oi Lú!!!

    Adoro seus textos sempre cheios de emoções não contidas!

    Tava com saudades!
    bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Andava com saudades "dela" rsrs !
    E "ela" sempre sabe das coisas...
    Beijos, minha amiga.

    ResponderExcluir
  3. Minha doce Lu obrigada pelo carinho e preocupação, estou bem graças a Deus.

    Beijos de luz!

    ResponderExcluir
  4. Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

    Beijo bem grandão!

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  5. ESPETACULAR, LU.

    Que texto!

    Olha é uma inveja saudável (existe isso?), mas realmente, eu gostaria de ter tido competência e inspiração para escrever um texto desses.

    LU, um abração catioca e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,

    Olha, sobre tua pergunta lá no blog, infelizmente eu só consigo encontrar na internet o livro “Técnicas da Mediunidade” em formato PDF.

    Mas vc pode baixar algum programa que leia arquivos em PDF e salvar no seu computador. Vai no site Baixaki, lá tem muitos. Eu sugiro o Foxit Reader. É rápido de baixar, e gratuito. E é muito fácil de mexer. Eu mesma uso há muito tempo e gosto!

    Qualquer coisa, entra em contato de novo, tá?

    Bjos!
    Adriana.

    ResponderExcluir
  7. nEGUE........SEU AMOR E SEU CARINHO.........DIGA Q JA SE ESQUECEU


    há coisas q não se pode negar.........mas por proteção agente foge e foge e foge.

    Sua intensidade....atordoa....e traz lucides
    Antagonico..........assim como a vida não é

    beijo
    De

    ResponderExcluir
  8. Lu,

    Essa sua forma de escrever é única, dá pra saber que um texto é seu logo de cara, lindo! É um transbordamento de íntimo que nos faz refletir...


    Ah, Jota Cê não admite fotos nossas... ontem o bicho pegou por causa disso e tirei todos os meus "pedaços". Temos ciúme até do ar que respiramos, acredita? O negócio é punk pras bandas de cá...ahahaha

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca


    -

    ResponderExcluir
  9. como é bom ler voce....
    Tenha uma semana feliz.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  10. E olha que ela chegou sem grandes expectativas, hein?
    Bjooooooo!!!

    ResponderExcluir