19 de julho de 2009

Já volto

Estou na iminência de chegar onde quero, de passar pelo o que não espero, de descobrir ao que me reservo. Talvez por esses motivos tenha acordado com um aperto no peito daqueles que sufocam a respiração e pedem para as lágrimas não ousarem rolar. Um pouco mais sensível talvez. Ansiosa demais. Preocupada até. Nada que não possa ser superado ao virar os olhos para a mala que está no canto da sala lotada e quase pronta. Nada que não possa sumir com a certeza de que a realidade está logo ali e que, para isso, bastarão algumas horas para o início que está por realmente começar...

O tempo urge e não sei quando vou voltar a passar por aqui. Posso ficar longe ou retornar antes mesmo do que imaginar. Um mês talvez. Menos ou mais. Vou andar por aí, viajar, conhecer o caminho que vai me levar. É só um até breve.

11 comentários:

  1. Ow Lu! Não sei o que se passa mas desejo q vc se renove e volte logo, tbem estou saindo de ferias e só volto depois do dia 30, espero te encontrar linda e feliz como sempre.

    Sobre o novo endereço do meu lado crazy, ainda estou arrumando por la, me diga se gostou.

    Beijos de luz!

    ResponderExcluir
  2. Lu.
    Mesmo não sabendo o porque e para onde vc vai, quero que saiba que qualquer decisão sua, estará acompanhada de muita energia positiva enviada por mim.
    Você é uma pessoa iluminada e muito bacana, por isso, tenho certeza que seus objetivos serão alcançados.
    Se puder, manda notícias.
    Um beijãozão enorme!!

    ResponderExcluir
  3. descanse, mas volte, não suma de nos.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  4. Boa viagem!
    Sê feliz é o que importa

    Denise

    ResponderExcluir
  5. ok, vá, curta, se divirta mas, volte!!!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  6. ta certa, precisamos desses parênteses, rsrs, pra completar os nossos ciclos, rs
    Bojs e bons dias

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelos textos, Luciana. Mais que confessionários, são memórias sensíveis. Gostei muito pela forma como escreve.
    Beijos,
    Eduardo Lamas.

    ResponderExcluir
  8. como dizem aqui em Minas,

    Inté


    ab,

    Gustavo

    ResponderExcluir