2 de julho de 2009

Ela vai...

Ela lembra. Era pequena. Uma menina. Com a enorme mochila nas costas, tênis apertado no pé. Um sonho guardado. Um desejo de ser. Queria virar grande para correr mundo afora. Lá dentro ainda não sabia o que o adiante lhe reservava. Lembrava. Do dia em que aprendeu geografia. Conheceu continentes, identifcou países, reconheceu cidades. Fez planos. Encheu-se de esperanças que pareciam enganos. Imaginava e sorria. Os olhos brilhavam os mares distantes. Os monumentos seculares. As regiões mais do que meramente quase tão conhecidas. Quem sabe a hora chegaria. Poderia viver expectativas. O tempo foi passando e o anseio aumentando, mesmo sem perspectivas. Dinheiro curto. Bolsos vazios. Queria arriscar. Parcelar o que viria. Melhor não. Não podia. Fez do esquecimento, a saída perfeita. Adormeceu teorias, retardou sacrifícios. Ignorou todo tipo de artifícios. Cresceu um pouco mais. Descartou adolescência. Assumiu juventude. Virou mulher. Forte. Decidida. Retomou as rédeas das lembranças. Lembrava. Recordava a infância. Menina pequena. Sonho estocado, que não foi curtido. Abriria agora a porta do mundo e se lançaria ao desconhecido. Grande viagem da sua vida. Agora a mochila não é mais tão grande e a mala parece pequena. O roteiro nas mãos. A sandália nos pés. A passagem é de avião e a levará para onde quer. Seja lá o que Deus quiser.

13 comentários:

  1. Minha querida me perdi lendo seu blog, parabéns pelas postagens.
    Bjka

    ResponderExcluir
  2. Saudades saudades deste cantinho...

    Me comoves com os teus escritos.

    Bjos de luz!


    P.s:

    O Meu lado crazy voltou!!

    ResponderExcluir
  3. Boa viagem para ela, com mochila, sem mochila, com mala, sem mala, mas que Deus a guie sempre em cada trajecto, curto ou longo!

    Beijinho terno e boa viagem!

    ResponderExcluir
  4. É Lu, amadurecemos, né? E assim é a vida... essa mala pode até ser pequena, mas os sonhos que voam continuam.

    Olha, é você elogiando de um lado e eu batendo palmas de outro. O seu estilo de escrever virou sua marca registrada. Adoro tudo o que sai de ti, menina linda.

    Beijo imenso e que seu final de semana seja de paz.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!
    Sinta-se à vontade pra analisar as coisas... Eu tenho o costume de justamente encorajar essa participação dos leitores, "re-escrevendo" a história à maneira deles... Não precisa ser nada eleborada não, quem nem a Lu Paes fez, ocupando o espaço de 2 telas inteiras ou mais! Ahauhau
    Mas o q vc escreveu no comentário já achei interessante, não tinha pensado nessa consciência de ter crescido...
    Bjs
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Nada melhor do que fazermos nosso próprio destino!
    Bjooooooo!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lú,

    Então pegue sua mochila e vá!!!
    Vá para onde seu coração te mandar!!!

    Boa viagem!!!
    bjinos

    ResponderExcluir
  8. A felicidade está esperando por "ELA". Tenho certeza!
    Um beijãozão!

    ResponderExcluir
  9. Luca querida,
    tão bom estar pertinho de realizar sonho antigo, planejado cuidadosamente...
    Vamos viajar sempre, sempre com suas palavras e seus textos!!
    Bjs mil da amiga q não te larga nunca,
    ;)

    ResponderExcluir
  10. ...e não pára por aí! Continua a seguir, com a mochila cheia de sonhos. E enquanto tiver esperança, há de trilhar... e, viver...

    Adoro!:)
    Bjos

    ResponderExcluir