18 de maio de 2009

Afinidade

Ela geralmente vem de vários lugares, em muitos sentidos, com certeza da chegada e sem lamentos da partida. Bate à porta exata e é inseparável dos destinos que tem. Não se explica. Não se dá. Não há como desvendar. Nem muito menos como ajustar. É algo que vem do íntimo e encontra reflexo em algum lugar. É a aproximação certeira e a simpatia incontável. É a combinação invisível mas exata. É a relação potencial e sensata. Onde o desencontro é impossível. É subjetiva, inerente, presente essencialmente. Não incomoda a ausência. Não se perde com a saudade. Não importa a urgente necessidade de viajar por longa estrada. É incansável, aprazível, compatível. É justa e correta. Faz do encontro a alegria inesquecível. Encontra no peito a colheita e, algumas vezes, o perfume rosado de violentas. Donas de doçura agradável. Suave e forte. Há quem goste mais de girassóis e se encante com o brilho amarelo que podem produzir. Mas são apenas opiniões. Diferem e só. Nada que a afaste. Nada que a impeça. E assim a vida segue. Com gostos, repleta de afagos, de sintonias formidáveis, ela se faz presente constantemente. É doce ao som do sino que anuncia o reencontro tarde e não tardio. É serena ao indício de buscar o recanto em comum. E quem não quer um? Ela é evidente, indubitavelmente segura de onde está e para onde vai. É quem comanda a ação. É sinônimo de querer estar perto. É querer por afeto. É saber que tudo se fará com o gesto. E assim sempre será. 

7 comentários:

  1. Eiiiieee,

    Afinidade é coisa de alma....

    É o santo que bate,

    É o papo que rola.....

    E o melhor é gartuíta!!!!

    Acabei de comentar sobre isso lá no blog do FÊ, vcs dois são assim, tenho muitas afinidades apesar de não conhecê-los pessoalmente.

    E o Douglas.....bom, esse vai ter que aprender a lidar com uma piscina....KKKKK

    bjinhos

    bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Por mais que eu tente vê-la de outra forma, não adianta, "ela" sabe tudo. É coerente e determinada, mesmo achando-se confusa em alguns momentos. Mas logo passa!
    Um beijão!

    ResponderExcluir
  3. Realmente afinidade não se mede, não tem como explicar. Lembrei de um texto do Artur da Távola que fala sobre isso. É bem legal. Não sei se você conhece.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Belo texto.
    afinidade é quase amor, ou é...
    Maurizio

    ResponderExcluir
  5. nossa vc foi fundo hein??? adoro o amarelo e os girassois, e temos essa linda afinidade.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  6. Afinidade é encontro de almas.

    Tenho afinidades aqui com o teu cantinho...Adoro!!

    Bjos de luz!

    ResponderExcluir
  7. Afinidade é maior que vínculo sanguineo.
    Texto deslumbrante.. na medida.

    ;*

    ResponderExcluir