29 de março de 2009

Por esses dias, reencontrei uma amiga e, por acaso e como sempre acontece, depois de tantos e tantos assuntos, chegamos ao ponto infalível num papo como esse. Todos estão sempre preocupados com nosso estado emocional. Leia-se: Homens. "Mas e os amores?", perguntou ela. "Devem estar por aí...todos provavelmente bem", brinquei. "E você, querida?", completei. "Conhece aquela frase: enquanto não acho o certo, me divirto com os errados? Pois é isso", respondeu, soltando uma gargalhada. Ao mesmo tempo, minhas ideias começaram a pipocar aqui e ali e, ao me despedir depois de mais alguns temas abordados, a vontade de escrever foi maior que tudo...Mas que diabos seria a pessoa certa? Fiquei me perguntando e procurando os certos que já haviam passado pela minha vida. Acho que não acho. Seria aquela pessoa certinha, que não comete falhas, que não transgride, não sai da linha, não surpreende? Aquela estática e atemporal? Sempre igual? Peraí. Peraí. Não pode ser assim! Pessoa certa precisa de hora, local, episódio exato? Como pode ser se nenhum momento é igual ao outro nesta vida? Aiaiai..Não. Não. Até porque o certo de hoje pode ser o incerto de amanhã. E quem vai dizer que o vice-versa não pode acontecer? A dualidade das pessoas (corpo e alma) pode promover mudanças constantes. O corpo pode pedir e a alma, de fato, não aceitar. A alma pode escolher, mas o corpo rejeitar. O que me encanta na pessoa certa enquanto sou bem jovem pode se tornar um fardo com a chegada da maturidade. O que fazer? Como encontrá-la? O melhor é saber que a pessoa certa é a que entende, divide, compartilha, aceita, perdoa, vivencia, renova, agrada, acompanha, anda ao lado, liberta...

Não importam os medos, a beleza, a idade, as comparações, o mito. Quem ainda assim quer encontrar a pessoa certa é melhor, realmente, acreditar que ela pode estar também entre as supostamente erradas... 

Acordei com vontade ouvir "Love Song", de Sara Bareilles...

5 comentários:

  1. Lu,

    A pessoa certa é aquela que você não tem receio de ser você mesmo ao lado dela. É aquela que você sente que não tem medo de ser feliz por causa do futuro tão incerto.

    Sabe, AMEI você achar o nosso blog por acaso, mesmo achando que tudo acontece porque tem que acontecer.

    Não perderemos mais contato.

    =]

    Maravilhoso domingo.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  2. Quero presentear seu blog com um selo que cultiva o amor.

    Espero que goste!

    =]

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  3. "Conhece aquela frase: enquanto não acho o certo, me divirto com os errados?

    Depois eu que sou o malandrão!
    Pobre de mim!

    ResponderExcluir
  4. É amiga, cada dia que passa tenho mais certeza de que não existe a pessoa perfeita pra gente, pessoa certa... Até pq não somos perfeitas nem certas! Acredito que num relacionamento tem que haver respeito com as diferenças. Queremos ser felizes, isso é tão simples e tão complicado ao mesmo tempo... rsrs
    Bjs mil, Lu ;)

    ResponderExcluir
  5. pessoa certa é aquela com quem a gente quer dividir um jornal de domingo enroscando pezinhos.
    aff.
    bora falar sobre a crise economica mundial??

    =)

    quer saber? meu blog cultiva o não-amor. dói menos. boa! faz um selo pra mim?

    ResponderExcluir